Está em pauta no Senado criação de novas alíquotas do IR

Está em análise na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado projeto que modifica as alíquotas e faixas de tributação constantes na tabela progressiva do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física. A meta é ajustar os valores da tabela do IR, corrigindo distorções.

O PLS 517/2015 fixa faixa de isenção até o valor mensal de R$3.300,00, e estabelece faixas de tributação com alíquotas de 5%, 10%, 15%, 20%, 25%, 30%, 35% e 40%.

“Desde 2015 não ocorre correção da tabela do Imposto de Renda; são três anos sem ajuste e isso representa um grave prejuízo para o contribuinte”, advogado tributarista Marcos Meira comentou. “Essa falta de reajuste é reflexo dos problemas para fechar as contas do governo. O projeto em pauta no senado vem sanar essa questão”.

Segundo dados do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional), se a defasagem fosse corrigida, a faixa de isenção de pagamentos do IR – que hoje atinge os contribuintes que ganham até R$1.903,98 – subiria para aqueles que recebem até R$3.556,56.

Fonte: Agência Senado