Projeto que aumenta o déficit primário deve ser votado essa semana

Foi apresentado parecer favorável na última sexta-feira (25) ao projeto do governo que altera as metas fiscais para este e o próximo ano. O mesmo deve ser votado na Comissão Mista de Orçamento na próxima terça-feira (29), com a possibilidade de ir ao Plenário do Congresso no mesmo dia.

A proposta aumenta o déficit primário de R$139 bilhões para R$159 bilhões só este ano. A justificativa para a revisão de valores é que a crise econômica reduziu a arrecadação federal e o contingenciamento de despesas está no limite, estando cada vez mais difícil encontrar one cortar gastos sem prejudicar a realização de serviços essenciais.

O advogado Marcos Meira comentou sobre o assunto: “A revisão das metas é um reflexo da dificuldade do governo em aprovar projetos importantes, como o REFIS, a concessão de usinas hidrelétricas da CEMIG e a reforma da previdência, além de recuos, como no caso do aumento de tributação sobre o etanol. Essa questão está em pauta já há algumas semanas e o mercado tem acompanhado o debate com atenção, inclusive pela possibilidade de interferência política no Banco Central. É um reflexo negativo para o Brasil, que não consegue cumprir o que se propõe.”

 

Fonte: Agência Câmara Notícias